Wolkices

De lá para cá

Girl

Long time no see, huh?

Tive uma noite péssima, daquelas padrão do RJ em quase verão, com direito a mosquitos burlando o repelente e calor infernal. Virei de um lado pro outro, bebi água, tomei banho e aceitei minha sina de que não conseguiria dormir.

Comecei a pensar em coisas aleatórias. Pensei em donuts, provas da faculdade, teoria do erro, Mass Effect, milk shake de ovomaltine, cosplay, piadas, Dante destruindo a casa, chocolate, civilização Turian, novo Homem Aranha, projeto “bunda da Gaga”. Pensei tanto que veio uma vontade quase louca de blogar. Ordenei mentalmente alguns posts e levantei da cama. Sentei na cadeira, liguei o computador e abri o blog. Impliquei com o layout e só parei de fazer isso hoje, quando já havia mudado tudo novamente.

Bem, aqui estou, sei lá quanto tempo desde da última postagem.

Muitas coisas aconteceram, mudei bastante nesse período. Coisas novas vieram, velhas se foram. Novas pessoas, novos gostos, novos pensamentos. Tantas coisas e espero citar algumas delas nos próximos textos.

Pra se ter noção, só nesse tempo já quase morri duas vezes, vi cair um raio na minha casa, zerei todos os Ace Attorneys da vida, aprendi a comer comida japonesa com dignidade, mudei de cor de cabelo, de hábitos e de amigos.

Saí de paraísos para purgatórios. Conheci gente linda e gente podre. Vi e aprendi sobre inversão de valores. Processei alguém e nem senti remorso. Comecei a gostar de sociologia. Zerei Mass Effect 3 um montão de vezes. Obtive crescimento espiritual em locais pouco usuais para a prática. Me desconectei. Até superar meu medo de agulhas e de sangue (vejo tripinhas com menos frescura hoje). Ah, continuo sendo a mestra dos crossovers, misturando pessoas de realidades alternativas para chegar a propósitos maiores.

E o mais importante de tudo: aprendi a reavaliar em que e no que gasto minha energia. Sabe, “ban” da vida real? Virei pupila em prol da paz interior. Aprendi a me divertir de verdade, rir mais. Deletar literalmente coisas ruins.

C’est la vie.


“Had to be me. Someone else might have gotten it wrong.”
– Solus, Mordin.

Artigos relacionados

coment
  • abrpaula
    12 de fevereiro de 2013 at 13:12

    Vooooolta pro blog, Gaby :~

    • Gaby Wolks
      14 de fevereiro de 2013 at 16:23

      Diva! Estou trabalhando nisso nesse exato momento =3 Não só aqui como no blog do Dan! Beijos!