Games Vídeos e Youtube Destaque

Gavin Dunne – um músico gamer para você amar

gavin

Se você se considera fã de Mass Effect e nunca ouviu falar do DJ Harbinger ou de Mass Errect, colega, revê esse fandom. Brincadeiras à parte, estou aqui para te apresentar o som incrível do Gav, responsável pelo Miracle of Sound, também conhecido por ser um mega fã de Mass Effect e “exército de um homem só ” de maravilhosas canções.

Aqui no blog tem dois (aqui e aqui) posts sobre o projeto com as músicas que ele fez para Mass Effect. Quando zerei a série pela primeira vez, 2010~2012, fiquei buscando coisas loucamente internet a dentro, e conheci esse ser talentoso e amável. Na época ele já havia feito algumas homenagens. Fuxicando essa semana, nossa, não poderia estar mais feliz. Agora tem muita coisa por lá!

Miracle of Sound é um projeto musical onde Gavin Dunne, músico e produtor irlandês, decidiu fazer suas próprias homenagens para os jogos que gosta. O sucesso foi tão grande que suas músicas foram parar no iTunes. Seu canal no Youtube tem mais de 30 milhões de visualizações, e em sua página do Facebook, ele conta que gigantes da indústria dos games tomaram conhecimento de seu trabalho e utilizaram suas músicas para promover os jogos. Imagina que legal, você fazendo parte daquilo que você gosta!

Em seu canal, ele divulga suas canções, sempre acompanhadas do gameplay ou scenes dos jogos. O que mais gosto do seu trabalho é que seus preferidos são os mesmos que os meus, como Mass Effect 2 e Fallout. Detalhista, atenta-se aos arranjos da trilha sonora original, e cria uma identidade que se liga perfeitamente com seu homenageado. Além de games, ele cria canções para outras mídias, como seriados, filmes e composições particulares. Se quiser ler uma entrevista onde ele conta tudo sobre o projeto, clique aqui.

Gav é muito atencioso e simpático. Quando o procurei para pedir autorização para postar o artigo, ele foi super gentil e ainda mandou um “oi” pra gente. Um querido!

 

Não tem o que falar, apenas sentir. Sei que, coloco na playlist e deixo rolar.

É muito difícil escolher uma canção favorita, todas são muito legais. Fiz um TOP 10 com muita dor no coração. Não citarei as de Mass Effect por razões óbvias. A ordem não é de preferência.

Dica: Preste atenção na letra. As que não tem legenda, ele coloca na descrição. Ah, dá muita vontade de jogar depois de escutar as músicas. Contém spoilers!

1) BAYONETTA 2 SONG – Messing With The Best – Essa música é UMA DELÍCIA. A primeira vez que escutei fiquei toda arrepiada. Expressa perfeitamente a essência da Cereza: animada, bad wordy, marcante e perigosa. Ela poderia ser incluída na OST do jogo tranquilamente. Vontade de escutar no repeat pra sempre. Sou apaixonada pela personalidade dela!

2) SKYRIM: KHAJIIT LIKE TO SNEAK – Essa é sensacional e o arranjo é muito divertido. Duvido não ficar na sua cabeça. KHAJIIT LIKE TO SNEAA-KAH!

3) DARK SOULS SONG – YOU DIED!  – Sempre que escuto essa tenho uma crise de riso. Dark Souls é o jogo mais honesto que existe, pois já na capa diz que VOCÊ MORRE. Quem já jogou com certeza irá concordar comigo. Aceita que dói menos. Foco no refrão.

4) LITTLE SISTER – Bioshock – Essa é bonita, melancólica e é uma homenagem ao primeiro jogo da série. Os três jogos estão no meu coração. Lembro que joguei o segundo em uma época bem complicada da minha vida, e sempre tive muita identificação com alguns personagens, principalmente com a Eleanor. Todo o jogo é tenso. O que aconteceu com o  Sinclair me sequelou pro resto da vida. Quando cheguei “naquela parte”, comecei a me desesperar. Ele ia falando e eu ia me sentindo o pior ser da face da Terra. Engraçado que isso só ocorreu com dois jogos na vida (Mass Effect quase me matou do coração também, mas foi mais leve). Bioshock é tão pessoal que tenho um critério de avaliação de caratér na vida real me baseando no jogo, e envolve Littlezinhas. Se você disser que matou alguma e não sente remorso, não confio em você, te julgo e te considero uma pessoa horrível. Essa sou eu. Vai entender.

5) NECROMORPH SOUP – Dead Space 2 “Come and take a trip with Isaac Clarke through crazy sci-fi hell / The Diner Of Death is servin’ tonight so beware of the clientelle”. Que analogia, OH GOD. Dedico essa a meu amado irmão mais novo Luiz, que quase me matou do coração ao me colocar na frente de uma TV de muitas polegadas pra jogar Dead Space. Essa letra teria saído da cabeça dele, sem dúvida.

6) HALO 4 SONG – RECLAIMER – A edição dessa foca muito na Cortana. Não gosto dela, mas bate uma tristeza. Eu me sinto mal por personagem de jogo, poxa. Também considero um jogo honesto e espírito de porco. Não vai esperar música felizinha, né?

7) DISHONORED SONG – Distant Honor – Intensa. Nossa. Viajei sério escutando essa. E nem estava usando fones.

8) The Best Of Us – Last Of Us Song – Bad trip, né? De novo. Um pouco mais forte. Umas três vezes pior. Lembra muito Coldplay de raiz. Bela, singela, dolorosa.

9) Joker’s Song – O cara arrebentou na atuação, ficou do carai. SPOILER: é doentia. “Face it, Bats… You’d be lost without me!”.

10) BIOSHOCK INFINITE SONG – Dream Of The Sky – Na minha humilde opinião é a melhor música de todas. É impossível falar de Bioshock Infinite e não sentir uma saudade infinita da Elizabeth. Minha vida ficou tão vazia depois que terminei o jogo. Melhor plot twist. Obviamente também é uma canção perturbadora. Quando “a Liz canta”,  corações se derretem. Deu uma vontade louca de jogar essa porra toda de novo só pra passar um tempo com ela.

MENÇÃO HONROSA: Walking Dead Clementine & Lee Song – The Best I Can – Tá vendo aqueles cacos ali no cantinho? Mais ou menos 67478326 pedacinhos? É o meu coração. De todos os jogos que já joguei na vida, esse foi o mais intenso, mais difícil, que mais mexeu com meu psicológico. E digo mais, minha irmã me assistia jogando e em alguns momentos ficava tão nervosa quanto eu. Sem contar que tem um ensinamento incrível, nada novo sob o sol: o de que o ser humano não presta. Em condições de sobrevivência então…

Fonte da Imagem[/caption]

Artigos relacionados

coment